5 de outubro de 2020

Como realizar a campanha de matrículas em cenário de crise?

Por Bruna Batista

Compartilhar

A campanha de matrículas é muito importante para as instituições de ensino sobretudo na questão financeiraMas, como realizá-la em um cenário de crise? A gestão precisou adaptar suas metodologias e práticas para se adequar aos novos tempos e, as escolas como conhecíamos não existirão mais.  

Em um contexto ainda de isolamento social e da suspensão das aulas presenciais, permanece a incerteza sobre como será o próximo ano. Trouxemos algumas ideias que esperamos que sejam úteis para gestores pensarem em estratégias para a campanha de matrículas neste momento. Boa leitura!  

 


 

A importância da empatia  

Antes de tudo, precisamos nos lembrar que o momento em que vivemos afeta a todos, ainda que de modos diferentes. Os estudantes, pais, professores e gestores, cada um possui suas dificuldades e problemas decorrentes do momento de pandemia e quarentena.  

Na live “A importância da empatia dos educadores e familiares com os estudantes em tempos de pandemia”, o professor Marco Antônio Ferraz fala sobre como essa realidade tem nos afetado. A situação financeira tanto das famílias, quanto da escola pode ter mudado bastante – o que leva a um impacto psicológico em geral. Por isso, é importante agir com empatia nesse período e buscar ter compreensão com o que o outro tem passado. 

Campanha de matrículas em cenário de crise  

Em uma campanha de matrículas, diversos aspectos são importantes para a estratégia de captação de novos alunos e na rematrícula. Contudo, com a suspensão das aulas presenciais, as escolas mudaram muito a sua rotina e os serviços oferecidos, tanto na área pedagógica, quanto na área financeira. Portanto, nesse contexto, muda-se o que é considerado essencial em uma boa instituição 

A escola precisa demonstrar como lidou com as adversidades e se está preparada para continuar com o ensino. As plataformas para aulas remotas, aplicativos de conversa entre professores, gestores, alunos e família, valores de mensalidade, como conduz negociações de inadimplência, entrega de material escolar, esses são itens que podem estar no topo da lista dos familiares no momento da matrícula.  

Por isso, nessa campanha de matrículas é importante analisar tais mudanças e buscar destacar aquilo que a escola fez de melhor. Qual o seu diferencial para esse momento? Como ela tem planejado o próximo ano? Isso poderá trazer mais tranquilidade aos pais em saber que estão matriculando seus filhos em uma instituição que sabe o que fazer em um momento de dificuldade. 

Destacar as qualidades do espaço físico da instituição talvez não receba tanta atenção quanto a plataforma digital utilizada e os resultados obtidos por ela. Além disso, como foi dito, este é um momento de empatia. Portanto, destacar de forma agressiva as conquistas, como resultado anual ou prêmios, em detrimento à outras escolas que tiveram alguma dificuldade, também não é o caminho.   

Veja algumas estratégias, pensadas para esse período, que podem auxiliar durante a campanha de matrículas: 

Marketing escolar  

O marketing escolar é parte importante do desenvolvimento da campanha de matrículas. É através dele que novos pais e familiares vão se interessar e buscar saber mais sobre a instituição. Ressaltar as qualidades e os destaques da escola é sempre um ponto positivo.  

Nas circunstâncias em que estamos, é importante evidenciar a atuação da instituição no momento de quarentena, o trabalho desenvolvido com alunos, professores e familiares. Além disso, quais são os seus diferenciais? Houve alguma novidade no método pedagógico em 2020? Tudo isso é útil para chamar a atenção de pais para a escola.  

Nesse momento, em que ainda há indicação de distanciamento social, talvez seja mais útil investir no marketing online, ação em redes sociais e disparo de e-mails.  

Negociações e contratos  

A escola adotou alguma mudança no contrato? Foram dadas condições melhores para quem precisou? Analisaram caso a caso? Qualquer uma dessas ações pode ser destacada como um diferencial da instituição, pois informa aos pais e responsáveis que eles estarão em um local que busca compreender as diferentes dificuldades. A postura sobre situações difíceis diz muito sobre os seus objetivos.  

Soluções tecnológicas 

A escola foi capaz de dar prosseguimento às aulas com o ensino remoto? Esse é um ponto importante a ser ressaltado durante da campanha. Plataformas de aprendizagem virtual costumam fornecer dados sobre o avanço dos alunos, a média de acertos e como eles tem se envolvido com as atividades online. EssaInformações podem ser usadas para destacar o sucesso no uso dessa tecnologia. Mostre como funcionou a dinâmica de aulas e que o ensino pode ser continuado.  

Formação continuada dos professores  

A transição das aulas presenciais para a aula digital não foi um processo fácil para os professores, tendo sido necessário preciso aprender, desenvolver, entender como funcionam novas plataformas e estudar outras abordagens – pois nem sempre o conteúdo presencial funcionaria no modelo remoto.  

Pensando nisso, a escola pode destacar o desenvolvimento dos professores nesse período. Se eles realizaram algum curso, se a instituição promoveu alguma formação ou momentos de troca de experiência. Abordar como essa formação foi realizada podevidenciar preocupação da escola em ter professores qualificados e capacitados conduzindo os estudantes.  

Ensino socioemocional  

A UNESCO, em suas dez recomendações sobre o ensino remoto, enfatizou que, nesse momento, deveriam ser priorizadas as soluções para enfrentar desafios psicossociais. Trata-se do ensino socioemocional, a construção do aprendizado para além dos conteúdos e a formação sobre as próprias emoções.  

Durante a campanha, a instituição pode levantar aspectos socioemocionais para o quanto tem se atentado. Seja a dificuldade dos alunos em prosseguir no ensino remoto, a saudade dos colegas e da sala de aula, como os professores trabalham o próprio desenvolvimento e o apoio dado pela gestão. Tudo isso demonstra aos pais que a escola se preocupa e que, para além do conteúdo, ela está atenta a uma formação integral.  

Entrega de material escolar em casa  

Uma mudança importante que as escolas podem adotar atualmente é a entrega de material didático na casa dos estudantes. Em algumas cidades, os pais precisavam peregrinar buscando os livros indicados na lista. No contexto atual, essa não parece ser uma boa ideia. Portanto, oferecer uma facilidade a mais para a família pode mostrá-las que a instituição pensa no seu conforto e bem-estar.  

Planejamento escolar: prepare-se para 2021 

Um planejamento eficiente busca determinar quais os objetivos da instituição para o próximo ano letivo. Ele auxilia na criação das estratégias e ações para o próximo ano, além de servir como balanço do ano que passou. Além disso, ajuda a equipe escolar a decidir em conjunto os próximos passos e que cada colaborador consegue compreender melhor o seu papel no dia a dia. 

Acesse o nosso Guia do Planejamento escolar para 2021: 

como-realizar-a-campanha-de-matriculas-em-cenario-de-crise

Compartilhar

Leia Também:

Deixe seu comentário