28 de agosto de 2018

Como lidar com a inadimplência escolar

Por Amanda Viegas

Compartilhar

A inadimplência é um dos impasses que mais preocupam os gestores das escolas. Buscar maneiras para amenizar e lidar com esse problema é um desafio, sobretudo quando não se tem informações suficientes para compreender quais são as melhores práticas para enfrentar tal situação.

O planejamento financeiro das escolas privadas inicia-se no ano anterior. Portanto, atrasos ou falta de pagamentos prejudicam – e muito – o desenvolvimento do trabalho programado.

Neste artigo você vai entender por quais razões a inadimplência ocorre e como adotar medidas eficazes para amenizar o problema na sua instituição. Confira!


Como a inadimplência afeta a escola?

Os gestores iniciam o planejamento do ano letivo bem antes de ele começar e vários fatores podem influenciar o andamento do processo. Da mesma maneira, a programação financeira da instituição é pensada com bastante antecedência, considerando as taxas de matrícula e rematrícula esperadas para o ano.

Nesse contexto, a inadimplência tem um grande impacto no planejamento feito, afetando a escola e podendo alterar totalmente o que havia sido preparado. Isso porque o descumprimento de pagamentos pode prejudicar não só os planos traçados durante o planejamento, mas também o salário dos professores e colaboradores, a compra de materiais e até mesmo o andamento do período escolar.

Por quais motivos ela ocorre?

Devido ao período de crise econômica e o desemprego vivenciado pela população brasileira, um fator que impulsiona o aumento de inadimplentes está relacionado com as dificuldades financeiras por parte da família. Entretanto, essa não é uma realidade de todos os alunos, já que muitas famílias possuem, sim recursos para pagar a mensalidade em dia. O que acontece muitas vezes é que elas acabam se esquecendo ou atrasando o pagamento por outros motivos.

Como lidar?

A melhor forma de lidar com a inadimplência é trabalhando os fatores que fazem com que ela ocorra.

Os problemas ligados à questão financeira das famílias podem ser diminuídos por meio de uma seleção mais criteriosa dos alunos. É importante analisar o perfil econômico da família e os seus dados, para garantir que possuem condições de manter o estudante matriculado na escola. Essa medida pode ser implementada com a ajuda de formulários obrigatórios preenchidos no momento da inscrição para a prova de seleção.

Uma boa alternativa para facilitar que os pais e responsáveis efetuem o pagamento em dia é lembrá-los que a data está se aproximando. Muitos deles acabam se esquecendo e um e-mail, mensagem do celular ou até mesmo uma notícia no próprio site da escola simplificam o processo.

A escola também pode diminuir a inadimplência implementando a venda de material didático online. Dessa forma, a instituição que tem interesse em vender o material para os familiares deixa de ter problemas com o recebimento do pagamento. Ao disponibilizar a lista online, diminui-se o trabalho logístico ao mesmo tempo em que a aquisição do material é facilitada. Os pais ganham tempo e comodidade – além de não precisar se deslocar até uma loja física, o material é recebido em casa. Assim, a escola previne a ocorrência de inadimplência associada à venda do material e ainda pode gerar receita com o processo.

Quer entender por que é uma boa ideia investir em ferramentas online para a família? Baixe gratuitamente o nosso e-book:

cta-como-lidar-inadimplencia-escolar

Este artigo foi útil para você? Sabe de outras maneiras de lidar com a inadimplência escolar? Deixe o seu comentário abaixo!

Compartilhar

Leia Também:

Deixe seu comentário