10 de setembro de 2018

Como melhorar o relacionamento entre família e escola desde a matrícula

Por Amanda Viegas

Compartilhar

Desde o momento da matrícula é essencial que a escola mantenha um bom relacionamento com as famílias dos alunos. Isso porque não basta apenas conseguir novos estudantes para a instituição – é fundamental trabalhar a retenção desses alunos. Essa comunicação é importante não só para o melhor desenvolvimento das crianças e adolescentes, mas, também, para evitar a evasão escolar.

Ao fazer a matrícula ou a rematrícula, os pais dos alunos procuram ter a certeza de que escolheram a escola certa para seus filhos. Mas como aumentar a sua satisfação? Confira neste artigo algumas boas práticas do que fazer para melhorar a relação entre a instituição e os familiares.


4 práticas para melhorar o relacionamento entre a família e a escola

1. Tenha canais de comunicação claros e abertos

O primeiro passo para manter um bom relacionamento entre escola e família consiste em estabelecer uma comunicação aberta e recorrente com esse público. É essencial que a instituição ofereça canais de comunicação que sejam acessíveis às famílias.

Isso é importante, pois, com uma rotina atarefada, nem sempre é possível aos pais ir à escola. Portanto, é interessante que existam uma ou mais maneiras de se comunicar com a instituição de forma mais prática e rápida. Seja por e-mail, por mensagens, por plataformas, entre outros.

Nesses canais é possível divulgar os eventos da escola, atualizar os responsáveis a respeito das notas dos alunos, enviar lembretes de pagamento, responder dúvidas, mandar avisos de atividades extracurriculares etc. Ou seja, as informações gerais transitam de forma facilitada.

2. Mantenha um atendimento atencioso

De nada adianta manter canais de comunicação se o atendimento não for atencioso e de qualidade. É extremamente importante que os pais tenham confiança e credibilidade na escola e que encontrem uma equipe treinada e gentil para responder suas dúvidas.

É preferível que o atendimento seja rápido e eficiente, que as respostas sejam claras e que a instituição se mostre preocupada em incluir o responsável na rotina da escola e dos alunos. É importante ter atenção para que nenhuma questão seja tratada de forma irrelevante.

Pensando nisso, o ideal é que um membro da equipe fique disponível para gerir os canais de comunicação pelo menos durante o horário comercial. Caso necessário, é preciso que esse colaborador repasse os contatos mais relevantes para a gestão da escola, a fim de garantir que as situações mais delicadas serão resolvidas com eficiência.

3. Cumpra com o prometido no contrato

Tudo está relacionado com o fato de criar uma relação de confiança com a família do aluno. Uma boa prática, nesse sentido, é cumprir com aquilo que foi prometido no contrato ou no contato com os responsáveis.

Ainda que pareça óbvio, se durante a negociação a escola propôs um determinado plano de ensino, diferentes formas de pagamento ou a possibilidade de atividades extracurriculares, por exemplo, é importante que essas propostas sejam cumpridas.

O que garante o sucesso dessa relação é exatamente o fato de a família poder contar com a escola. Além das questões de logística, é imprescindível que a qualidade de ensino seja excelente, o que solidifica a opinião positiva sobre a instituição.

4. Adote recursos inovadores voltados para as famílias

A tecnologia tem sido muito explorada nas práticas pedagógicas, mas é importante ter em mente que os recursos digitais também podem ser usados para garantir maior comodidade e satisfação às famílias, facilitando as transições e a comunicação com a escola. Por exemplo, pode ser disponibilizada no site a possibilidade de renegociar mensalidades atrasadas, o que pode ajudar a diminuir as taxas de inadimplência.

Além disso, no início do ano letivo, uma grande dificuldade para os pais é a compra do material didático, seja por questões de pagamento ou mesmo deslocamento e disponibilidade nas lojas. Uma opção, nesse sentido, é oferecer a compra de materiais didáticos de forma online, o que oferece mais praticidade, inovação e comodidade para as famílias.

Oferecer diferenciais pode estimular cada vez mais a melhoria na comunicação entre a escola e as famílias e as ferramentas digitais têm se tornado um destaque no mundo da educação. Saiba mais sobre como as ferramentas podem ser diferenciais para as escolas baixando o nosso e-book gratuitamente:

cta-melhorar-relacionamento-com-a-familia-desde-a-matricula

Este artigo foi útil para você? Conhece outras maneiras de melhorar o relacionamento entre família e escola desde a matrícula? Comente abaixo!

Compartilhar

Leia Também:

Deixe seu comentário