12 de novembro de 2018

Dia do diretor: a importância desse profissional para a gestão escolar

Por Amanda Viegas

Compartilhar

Antes de começar sua vida profissional, todos devem passar primeiro pela escola. Ter bons professores e diretores é essencial para garantir uma formação integral e democrática, que transforma o aluno em um cidadão capaz de usar os seus conhecimentos técnicos e sociais de forma autônoma.

O dia do diretor, comemorado no dia 12 de novembro, faz juz a todos os profissionais que se dedicam a ficar à frente das instituições escolares. Por ser uma figura tão importante para a formação do caráter dos alunos, preparamos um artigo especial para celebrar a data. Continue lendo!


Perspectiva histórica sobre a função do diretor escolar

Apesar de a administração das escolas no Brasil ter começado em meados do período colonial, a função de diretor somente foi instituída com a criação dos Grupos Escolares, na Primeira República. Esses grupos eram instituições que compunham um projeto republicano de educação popular e neles surgiu a figura do Diretor do Grupo Escolar, que ocupou um papel central no contexto pedagógico.

Os primeiros grupos escolares foram criados no estado de São Paulo, nos anos de 1890. Tinham como objetivo unir pequenas escolas antes isoladas e tornaram-se símbolos de uma renovação educacional trazida com a Proclamação da República. A concepção principal era levar o acesso à educação a todos e universalizar o ensino. Dessa forma, os estudantes passaram a ser organizados por meio de séries niveladas.

O diretor, nesse caso, tinha o papel de fazer uma ponte entre o governo e a escola, determinando as diretrizes pedagógicas e de administrativas desses grupos. Desde então, esse profissional se tornou uma grande referência e passou a ser reconhecido como gestor da escola.

A importância do diretor na escola

A atuação do diretor escolar é essencial para garantir um bom funcionamento das escolas. Esse profissional exerce um papel de liderança, que é capaz de motivar ou desmotivar os colaboradores e os professores, estabelecer um relacionamento com as famílias dos alunos, além de se envolver diretamente com as funções administrativas e financeiras da instituição.

O diretor tem o papel de pensar e considerar detalhes que vão além do pedagógico. É preciso ter um olhar crítico sobre todos os setores da escola e analisar aquilo que não está funcionando para, junto da equipe pedagógica da escola, traçar objetivos e realizar melhorias.

Dentre as principais funções do diretor escolar estão:

  • Garantir a boa saúde financeira da escola;
  • Estar atento aos problemas do país e da comunidade escolar;
  • Cuidar da infraestrutura, zelando por locais limpos, acessíveis e seguros;
  • Elaborar e revisar os documentos burocráticos, como o Projeto Político Pedagógico;
  • Manter a escola de acordo com a legislação educacional;
  • Motivar os colaboradores e professores e propiciar um bom relacionamento entre eles;
  • Incentivar a participação de toda a equipe da escola no planejamento com uma gestão democrática;
  • Promover desenvolvimento dos alunos;
  • Receber e se relacionar com os pais e responsáveis dos estudantes.

Boas práticas para ser um bom diretor de escola

Para ser um bom diretor escolar, é necessário que esse profissional seja capaz de inspirar a mudança. Isso porque ele deve estar preparado para identificar e analisar as demandas do dia a dia escolar, sejam dos alunos, dos colaboradores, dos professores ou mesmo das famílias.

É importante manter em mente que o diretor trabalha em equipe, criando um ambiente de integração entre todos os setores da escola. Nesse contexto, algumas boas práticas podem contribuir de forma significativa com as atividades do diretor, sendo elas:

  1. Demonstrar iniciativa: o diretor escolar deve tomar a frente dos interesses da escola;
  2. Ser flexível: ser capaz de mediar os momentos desafiadores com flexibilidade;
  3. Mediar bem os conflitos: saber ouvir e dialogar para que os problemas sejam resolvidos com mais facilidade;
  4. Possuir um pensamento visionário: facilidade em analisar o contexto que a escola está inserida e traçar objetivos claros;
  5. Manter-se atualizado: ter interesse em conhecer os assuntos que estão em tendência no mundo da educação e abrir-se para as novidades;
  6. Fazer uma gestão democrática: o diretor deve envolver todos da equipe, garantindo o comprometimento e a valorização de todos os colaboradores;
  7. Trabalhar com organização: mesmo com diversas tarefas realizadas ao mesmo tempo, o diretor deve ser capaz de decidir prioridades e trabalhar com prazos.

A organização é essencial para o diretor, sobretudo no momento de planejar o ano escolar. Pensando nisso, preparamos um calendário com sugestões de atividades a serem realizadas a cada mês e as datas mais importantes do ano para a escola. Baixe gratuitamente:

cta-dia-do-diretor-a-importancia-desse-profissional-para-a-gestao-escolar

Compartilhar

Leia Também:

Deixe seu comentário