14 de dezembro de 2018

3 maneiras de inovar e modernizar a escola

Por Amanda Viegas

Compartilhar

Em uma sociedade em constante transformação, na qual a tecnologia está transformando a maneira de agir e se comunicar, é importante que as escolas procurem maneiras de inovar e se modernizar. Isso representa uma busca constante por novas formas de pensar a prática de educar, a fim de aproveitar tendências e novidades para melhorar os processos escolares.

Isso significa que uma escola que oferece um ensino de qualidade busca, constantemente, aprimorar suas atividades – não somente em sala de aula, mas em todos os seus processos. Pensando nisso, neste artigo você vai ler sobre 3 maneiras de inovar e modernizar a escola. Continue lendo!


Por que investir na modernização da escola?

O principal motivo para que a escola invista na modernização é acompanhar a evolução tecnológica que acontece na sociedade, principalmente quando se trata do uso da internet. De acordo com uma pesquisa realizada pelo IBGE, 116 milhões de brasileiros estão conectados à internet, o que equivale a 64,7% da população acima de 10 anos de idade.  

Além de acompanhar a tendência de acesso a ferramentas digitais online, ao investir em inovações a escola também aproveita os benefícios oferecidos pela tecnologia – tanto em sala de aula quanto nos processos da gestão escolar. Dessa forma, a escola consegue, por exemplo, agilizar ações, aperfeiçoar as práticas pedagógicas e até mesmo melhorar a comunicação com as famílias.

Alunos, pais e responsáveis do século XXI

O acesso às informações está se tornando, progressivamente, maior e mais rápido, principalmente após a popularização dos smartphones. Nesse sentido, a escola deve alinhar seus processos e suas atividades a essa nova geração de alunos, cujo contato com a tecnologia acontece cada vez mais cedo.

Além disso, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) destaca, em sua quinta competência geral, a importância do uso da tecnologia na escola, ao apontar que o aluno, ao fim da Educação Básica, deve:

Compreender, utilizar e criar tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas sociais (incluindo as escolares) para se comunicar, acessar e disseminar informações, produzir conhecimentos, resolver problemas e exercer protagonismo e autoria na vida pessoal e coletiva. – Base Nacional Comum Curricular

A tecnologia pode ser usada, também, para melhorar o relacionamento com as famílias dos alunos, considerando a sua importância no processo de formação dos estudantes. Com uma comunicação mais prática e rápida, a escola garante que as informações cheguem aos seus destinatários no momento certo, promovendo um diálogo mais próximo e transparente.

3 maneiras de inovar e modernizar a escola

1. Tecnologia em sala de aula

É comum que a tecnologia em sala de aula seja entendida apenas como projetores multimídia, laboratórios de informática ou mesmo o uso de celulares para pesquisa. No entanto, o uso de ferramentas digitais nos processos pedagógicos pode ir além, a fim de ajudar os docentes e a coordenação a identificar de maneira mais assertiva as dificuldades dos alunos.

Existem soluções que geram relatórios para acompanhamento da aprendizagem dos alunos. Por meio de atividades online, o professor consegue ver de maneira simplificada os principais erros e acertos dos estudantes. Além disso, as informações podem ser organizadas de diversas formas, permitindo análises individuais ou coletivas que vão ajudar a equipe pedagógica a propor intervenções pedagógicas mais adequadas.

2. Sistemas de gestão escolar

A gestão escolar também pode ser muito beneficiada pela tecnologia. Utilizar softwares voltados para a realidade escolar pode garantir mais praticidade e maior rapidez em tarefas do dia a dia do gestor. Por meio desse tipo de ferramenta é possível ter uma visão geral de todos os processos e setores da escola, como matrículas, receita e despesas, jornada de trabalho dos professores e demais colaboradores, notas dos alunos, entre outros.

Os sistemas de gestão escolar costumam emitir relatórios automatizados que podem ajudar o gestor a criar planos de ação. Dessa forma, é possível perceber com mais facilidade quais são as reais necessidades da escola. Assim, é possível propor ações mais assertivas voltadas para a captação de novos alunos, a organização do fluxo de caixa ou mesmo a redução da inadimplência.

3. Ferramentas digitais voltadas para a família

O relacionamento com as famílias dos alunos é essencial para garantir um melhor desenvolvimento dos alunos e para diminuir as taxas de evasão escolar da instituição. Nesse caso, implementar tecnologias voltadas para a família pode ser uma boa saída.

São diversas opções para criar uma relação mais próxima com os pais e os responsáveis, por exemplo:

  • Agenda digital;
  • Página da escola nas redes sociais;
  • Portal para acompanhamento de notas no site da escola;
  • Grupos de WhatsApp;
  • Ferramentas de geração de boletos e pagamento de mensalidades online;
  • E-mail para contato com a instituição;
  • Loja online para aquisição do material didático.

Além de garantir uma comunicação mais transparente e automatizar diversos processos da escola, a tecnologia também pode ser usada como diferencial na captação de novos alunos. Quer saber como? Baixe gratuitamente o nosso e-book sobre o assunto:

Quais outras maneiras é possível inovar e modernizar a escola? Deixe sua opinião abaixo e contribua ainda mais para a discussão sobre o assunto!

 

Compartilhar

Leia Também:

Deixe seu comentário